• Roseli R. Laranja - Entrevista Revista Mundo Verde

Autocontrole


Por que as pessoas têm perdido cada vez mais o controle no mundo de hoje?

Com o avanço das Ciências Humanas e Exatas, principalmente da Tecnologia e da Mídia que com o acesso acelerado às diversas e “Infinitas Informações” e “Oportunidades de Consumo” que surgem diariamente faz com que a humanidade tenha a sensação de querer vivenciar cada vez mais rapidamente tudo que recebe de estímulo e possa ter contato. Surgem então a “Potencialização dos Estímulos” (sensoriais auditivos, visuais, táteis, olfativos) “Motivadores da vida e dos desejos na existência imediata do “Aqui_Agora_Já”. Impulsionados a usufruir esses desejos, principalmente o novo, diante das novidades, que por sua vez passam a serem fontes de desejos do conhecimento ou do consumo até porque esses desejos podem estar associados ao “Desejo da Necessidade” de “Preencher o Vazio”, quer seja da “Carência”, do “Afeto”, da “Solidão”, ou até mesmo o do “Poder”, enfim desejo de sentir a sua essência do “Ser Vivo” e do “Estar Vivo”, de ”Sentir a sua Existência”, quando na verdade o sentir a si próprio passa a ser “transferenciado no objeto do desejo” que supostamente acredita que poderá ser preenchido no que tanto busca, “O Prazer da Existência” dentro de um “Tempo” pré determinado que acredite ser necessário, quando passa a buscar se apropriar de Algo como fonte de prazer num ritmo acelerado de pressa como se esse tempo não fosse necessário para realizar tal desejo. Quando pensamos no Tempo podemos associar ao Cronológico o do relógio, do calendário o que serve para nos orientar e possibilitar organizar no espaço físico, mas também podemos refletir no nosso “Tempo Interno” que determina o ritmo do movimento cerebral, quer seja o movimento mental e o movimento corporal expresso pelas ações e reações dos pensamentos e atitudes diante dos estímulos. Podemos ainda descrever as funções do QI e do QE do Ser Humano que requer atenção quando se trata de adquirir o AutoControle para possibilitar a sensação de plenitude diante de si e da vida.

O que é autocontrole? Gestos Posturas Atitudes suas ações revelam as diversas facetas da auto estima

-Assim sendo, o que vem a ser o Autocontrole?…É a capacidade de conduzir os “Impulsos” das emoções e dos desejos de forma equilibrada quando nos gestos, posturas e atitudes diante da perspectiva de tempo idealizado e o tempo existente de fato, tempo real que nem sempre se faz satisfatório para a realização dos desejos. Aprender a perceber o impulso emocional do desejo e racionalizar essa emoção, pensar, refletir para poder agir, reagir, transformar em atitudes conscientes para também poder confiar em si mesmo e desenvolver pacificamente uma interação com o meio ambiente e, por conseguinte adquirir a auto estima esperada. Para tal lembrar que para obter o autocontrole deve-se a princípio mudar as condições controladoras, pois antes de praticar o controle do outro e ou do meio em que vive precisa-se desenvolver habilidades para o próprio autocontrole.

Quais são os benefícios de ser uma pessoa que consegue se controlar em situações difíceis? Qual é a importância de controlarmos nossos impulsos?

-Enfim, Sentir que pode administrar os próprios impulsos poderá “Reconhecer sua Liberdade de Expressão” “sem medo de vivenciar conflitos indesejáveis com a conseqüente sensação de punição”. Poderá “Vivenciar seu Potencial Criativo”, pois ao “Relaxar e ou Tranquilizar os Pensamentos Desejantes e ou Preocupantes” permitirá uma visualização mais ampla de sua dinâmica de vida nas relações do EU e do OUTRO (seja meio ambiente ou pessoa), e assim “Dimensionar com amplitude de qualidade de Tempo e Espaço” o passo a passo que poderá conduzí-lo ao desejo “sem pressa da sua obtenção imediata”.

Até que ponto é necessário ter autocontrole e em que situações é importante se permitir viver as emoções?

-Segundo pesquisa desenvolvida na Universidade de Chicago, Estados Unidos, e publicada no Journal of Personality diz que pessoas disciplinadas e que exercem o autocontrole são mais felizes, pois estas conseguem evitar situações que possam ser conflitantes e, portanto, provocam emoções negativas, gerando assim satisfação pessoal e, por conseguinte comportamento de bom humor.

-Ao praticar os exercícios para administrar o próprio controle gradativamente o indivíduo passa a internalizar um novo comportamento substituindo o comportamento negativo anterior por um comportamento que lhe traga a satisfação dos seus desejos através de um caminho que evita emoções negativas geradoras de conflitos.

-Sendo assim ao dimensionar o “Ter Autocontrole x Permitir Viver as Emoções” podemos observar que se o ser humano “Aprender a fazer uma Leitura de Si Mesmo” estará obtendo o controle de si sem interferir na expressão de suas emoções, pois em sua plenitude de “Reconhecimento” possibilitou se apoderar de si mesmo com mais segurança caminhando para uma autoconfiança do desejo de fato a uma satisfação consciente e não perdido em desejos desenfreados e impulsivos que o levam a uma insatisfação inconsciente.

Muitas pessoas tendem a “descontar” em pessoas próximas seus sentimentos, frustrações… Como é possível desenvolver o autocontrole na vida pessoal?

-A Insatisfação pessoal também pode ter origem diante do desejo esperado, o ser humano tem a tendência de criar expectativas diante dos desejos e a não realização destes implica em vivenciar a frustração do desejo não realizado, podendo gerar sentimentos de magoa ou de raiva ficando emocionalmente afetado. Mobilizado pelos impulsos, na “Raiva” poderá surgir comportamentos agressivos com tendências a atitudes vingativas, onde a reação pode ser fator de risco se não houver controle desses impulsos, pois nesse momento pode perder o controle de si tendo uma cegueira emocional durante das ações para a busca desejo a princípio idealizado, motivo que a necessidade de ter autocontrole nessa situação se faz imprescindível. Já na “Magoa” poderá paralisar diante da frustração de não ser capaz ou de não ser compreendido, podendo até mesmo vivenciar um “Quadro de Depressão”. Ambos os casos pode gerar “Sentimento de Culpa” diante da não realização do desejo, o de não ser capaz.

O controle emocional é mais importante no trabalho do que na vida pessoal?

-O Controle Emocional se faz necessário em todos os setores da vida pois continuamente estamos nos relacionando uns com os outros seja no trabalho, na família, no social, até mesmo no financeiro.

Como a pessoa pode exercitar o autocontrole no ambiente de trabalho?

-No momento em que consegue internalizar uma mudança comportamental observando o funcionamento de suas Emoções (QE) e tomando a direção de seus Pensamentos (QI), o individuo poderá exercer a pratica de racionalizar as emoções direcionando assim um acolhimento do QE através do QI, em palavras simples dar colo às emoções racionalizando-as antes de qualquer reação impulsiva que possa praticar sem pensar. Para tal requer treinamento constante como forma de absorver essa mudança comportamental e sentir que possa vivenciar o autocontrole. Portanto requer a princípio um “Exercício de Observação” contínua quer seja Observação Visual e Auditiva acompanhado do “Exercício de Reflexão” e ainda um “Exercício de Contenção Comportamental Reativa” para possibilitar o Controle de suas Ações de seus Impulsos mais Primitivos.

Cinco dicas para desenvolver o autocontrole de uma maneira geral:

-1. Lembrar que o principal combustível do corpo humano é a Respiração, devendo assim praticar o “Exercício da Respiração” para possibilitar o relaxamento dos pensamentos através da oxigenação da corrente sanguínea que, por conseguinte facilitará a condução do controle dos pensamentos impulsivos no sistema neurológico. Exercício Respiração Relaxante: procurar esvaziar os pulmões e contar aproximadamente a mesma quantidade de ar que inspirar deverá expirar esse ar como forma de esvaziamento, realizar em um ritmo tranqüilo sem pressa observando todas as partes de seu corpo em detalhes dando uma sequência gradativa a essa observação como se as tensões de cada parte pudesse ser aquecida ao sentir a sua oxigenação relaxante e eliminada ao processar cada movimento de esvaziamento de ar.

-2. Praticar “Exercícios de Observação e de Reflexão”… procurar compreender se o que está sentindo é fonte de “Qual desejo ou de Qual insatisfação”. Nesse momento você poderá fazer uma Lista de Desejos e anotar ao lado os Medos ou os Pensamentos Negativos que o cercam.

-3. Praticar “Exercícios de Contenção” …Observar os Limites de seus Impulsos de suas Vontades…Se você tem tendência a sentir Magoa ou Raiva e procurar canalizar de forma positiva, sendo que na Magoa ou na Raiva buscar alguém em quem confia para desabafar caso seja uma pessoa que encontre dificuldade em confiar ou não tenha em quem confiar pratique anotações de tudo que gostaria de falar como forma de desabafo e após um dia ou mais leia o que escreveu como se estivesse no lugar da outra pessoa como se essa pessoa estivesse lendo o que você escreveu e observe que sentimento você guarda ou possa gerar se falar sem pensar.

-4. Praticar “Exercícios de Compensação”… Substituir Frases ou Pensamentos negativos por possibilidades diferentes da que tenha como Crença… Transformar suas Crenças e Valores de Vida Reconstruindo de forma a levar a situação para a outra polaridade… Como pólos opostos se existe Raiva como seria substituir por Amor, se existe Magoa como seria substituir por Alegria, se existe o Medo como seria substituir por Coragem, se existe Ausência de Medo como seria substituir por Cautela.

-5. Durante o passo a passo dos exercícios de Respiração, Observação e de Reflexão, de Contenção, de Compensação, tenha Confiança e Paciência, seja Disciplinado e Perseverante, não tenha Pressa, “faça do Tempo seu Aliado, não o Atropele”. Pratique alguma Atividade Física que goste, que tenha empatia, que sinta liberdade de expressão para possibilitar a sua percepção corporal e a condução da descarga dos impulsos descontrolados de forma positiva. Motive-se a fazer algo externo a tudo àquilo que faz em suas rotinas diárias. Nunca fale “Tô com Pressa” ou “Não tenho Tempo”…”Evite falar Frases Negativas” com a palavra “Não” substitua por “Talvez ou vou Pensar”…enfim Promova a sua Felicidade partindo de Dentro para Fora…Não espere que venha das pessoas que o cercam…”PROTEJA TE DE TI MESMO”…Desenvolva o AMOR INCONDICIONAL que o auxiliará a não criar expectativas de retorno, Pratique o ATO DA DOAÇÃO COM LIMITES…Aprenda a dizer Não…Mas também RECONHEÇA-SE, VALORIZE-SE, CONTROLE-SE…SEJA FELIZ.

Roseli Rodrigues Laranja

Psicóloga

#bemestar #saude #psicologia #psicoterapia #autocontrole #mundodehoje #autoestima #beneficiosdoautocontrole

0 visualização

ZONA SUL - SP

Av. Bosque da Saúde, 1061 - sala 112

Ed. Stella Offices

Jardim / Vila da Saúde

Contato Whatsapp Psiconergia Clínica | Zona Sul SP